Pages

14 de jul de 2009

A melhor empresa aérea do mundo

Após cada vôo, os pilotos da empresa australiana Qantas preenchem um formulário, que descreve aos mecânicos os problemas com a aeronave. Os mecânicos corrigem o problema e documentam os reparos no mesmo formulário, que é então conferido pelos pilotos antes do próximo vôo. O problema é que os pilotos acham que a equipe de terra não tem senso de humor. (Eu já penso o contrário)

Seguem reclamações reais submetidas pelos pilotos (marcadas com um P) e as soluções anotadas pela equipe de manutenção (marcadas com M). A Qantas é a única das grandes empresas aéreas que jamais teve um acidente.


P: Pneu interior esquerdo do trem principal está quase precisando ser trocado
M: Quase trocamos o pneu interior esquerdo do trem principal.

P: Alguma coisa está solta no cockpit.
M: Alguma coisa foi apertada no cockpit.

P: Insetos mortos no pára-brisa
M: Insetos vivos estão em falta.

P: Piloto automático em modo altitude-constante gera uma descida de 200 pés por minuto
M: Não pudemos reproduzir o problema em terra.

P: Evidência de vazamento no trem de pouso direito
M: Evidência removida.

P: Volume do DME inacreditavelmente alto
M: Volume do DME ajustado para volume mais acreditável.

P: Travas de fricção fazem alavanca de aceleração ficar dura.
M: Travas de fricção são para isso.

P: IFF inoperante no modo OFF.
M: IFF sempre inoperante no modo OFF.

P: Suspeito que há uma trinca no pára-brisa
M: Suspeito que você está correto.

P: Turbina número 3 está faltando.
M: Turbina número 3 achada sob a asa direita após breve procura.

P: Aeronave se comporta de forma engraçada.
M: Aeronave avisada: tome jeito, voe direito e aja com seriedade.

P: Radar está murmurando
M: Radar reprogramado com letras de músicas

P: Rato no cockpit.
M: Gato instalado.

P: Ruído vindo debaixo do painel de controle. Soa como um anão martelando alguma coisa.
M: Martelo do anão foi confiscado.

Kibei do Grande Khan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comenta ai.
Não gostou? Comenta ai também.
Não quer comentar? Então comenta.
Sem comentários? Não se faça de difícil, comente.